• banner_de_site_genetica_aditiva_1920x546

Fechar anúncio

Na Genética Aditiva os animais da raça Gir passam pelo controle oficial da ABCZ, agregado a um programa de avaliação linear.  Desde a primeira geração todos os animais Gir são aferidos em regime de duas ordenhas em controle de ordenha oficial. Aqui a vaca vale o que produz. Confira os critérios de seleção utilizados e os resultados deste trabalho.

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO

1-Monitoramento da ABCZ: Na Genética Aditiva as fêmeas GIR PO passam por duas ordenhas diárias em regime de pasto recebendo silagem de milho e concentrado na proporção de 1 kg para 3 kg de leite produzido. Elas são medidas mensalmente por técnicos da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu - ABCZ e as informações são cadastradas no Programa da ABCZ Unesp e Embrapa ABCGIL. 

2-Avaliação Linear: A empresa também faz avaliação linear de todas as fêmeas.

3-Avaliação Genética do rebanho: Após encerrada a primeira lactação em 365 dias os animais superiores se tornam doadoras de embrião. 

4- Touros provados: Nesta raça a Genética Aditiva usa  touros provados como C.A Sansão, Diamante Brasília, Tabu, Cal, Fardo entre outros destaques da raça.