• banner_de_site_genetica_aditiva_1920x546

Fechar anúncio

13 ago

Alta no preço do leite ao produtor, mas mercado deve perder força em curto prazo

Mais um mês de alta de preço. Considerando a média nacional, a cotação subiu 1,6% no pagamento de julho, referente à produção entregue em junho, em relação ao pagamento anterior.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, o produtor recebeu, em média, R$0,965 por litro.

O preço do leite subiu 9,1% desde fevereiro, mas ainda assim está 2,5% abaixo do registrado em igual período do ano passado.

O tom do mercado em curto prazo é de estabilidade nos preços aos produtores, mas não estão descartados ligeiros aumentos em agosto.

Para o pagamento de agosto (produção de julho), 27,0% dos laticínios pesquisados acreditam em alta de preços, 59,0% em manutenção e os 14,0% restantes falam em queda nas cotações.

Nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, a maior parte dos laticínios estima estabilidade dos preços ao produtor em agosto.

No mercado spot, os preços do leite caíram na segunda quinzena de julho e começo de agosto, assim como as cotações do leite longa vida no atacado.

Para saber mais sobre o mercado de leite, custos de produção, clima, preços dos lácteos no atacado e varejo e expectativas para a cadeia assine o Relatório de Mercado de Leite da Scot Consultoria. Mais informações em:https://goo.gl/3IL36X

A Scot Consultoria também realiza palestras e treinamentos de mercado na área de pecuária de leite. Veja mais em:https://goo.gl/g0t7qp

Informações: Scot Consultoria

NOTÍCIAS RELACIONADAS