15 fev

Genética Aditiva recebe certificação exclusiva da ANCP

A Genética Aditiva, empresa de melhoramento genético localizada em Campo Grande (MS), recebeu da Associação Nacional de Criadores e Pesquisadores (ANCP) o Certificado Global G - Qualidade Genética, nas categorias G1, G2 e G3.

Em novembro de 2017, o consultor da ANCP, Luiz Fernando C. de Figueiredo, esteve nas propriedades da empresa, e atestou as conformidades nas seguintes atividades: Correta Identificação dos animais; Uso apropriado dos instrumentos de medição; Formação de lotes de manejo e Treinamento dos funcionários para envio de dados.

Atendendo todos os requisitos, a Genética Aditiva foi, então, recertificada com o Global G1 - Qualidade da Informação, relacionada à qualidade dos dados coletados na fazenda e treinamento da equipe envolvida nos processos, essencial para uma avaliação genética confiável.

O G2 refere-se ao trabalho de melhoramento genético e certifica as  fazendas que utilizam efetivamente as ferramentas de melhoramento genético na seleção do rebanho, contribuindo para a evolução genética da raça. 

Já o Global G3 é atribuído à Sustentabilidade Genética. Nesse quesito a Genética Aditiva atendeu os seguintes apontamentos: Contribuição potencial dos reprodutores melhoradores na redução das emissões de gases de efeito estufa (GEE1), por meio da produção de animais de corte na pecuária extensiva nacional que pode chegar a 25.932 ton CO2 e estoque potencial de carbono em áreas de matas nativas e/ou comerciais dentro da propriedade, podendo estocar 54.590 toneladas de carbono euqivalente.

O G3 é o primeiro selo aplicado à pecuária de corte brasileira, que estima a contribuição ambiental do uso adequado do melhoramento genético e destaca os benefícios ambientais que a genética proporciona para a pecuária de gado de corte.

NOTÍCIAS RELACIONADAS