6 nov

MS reestrutura incentivo fiscal do Novilho Precoce

Organizar e estruturar um novo programa de apoio à criação de gado para o abate precoce em Mato Grosso do Sul. Esse é o objetivo do grupo de trabalho criado pelo governo do Estado para propor melhorias no programa de incentivo fiscal ao Novilho Precoce. A decisão foi publicada nesta sexta-feira, 6, no Diário Oficial do Estado (DOE). A Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul) é uma das entidades que compõem o grupo.

Para o presidente da instituição, Mauricio Saito, a decisão anunciada hoje traz otimismo ao setor pecuário, que é um dos principais dentro do agronegócio da região. "A constituição do grupo de trabalho para aprimoramento do programa e correção de eventuais problemas detectados é de fundamental importância para o desenvolvimento da pecuária sul-mato-grossense, principalmente, no atual momento de busca constante da melhoria da qualidade deste segmento. Enaltecemos a abertura do governo estadual para a participação de instituições do setor produtivo para adequação deste importante programa", destaca.

Saito considera o programa um exemplo de sucesso com resultados diretos para produtores, indústria frigorífica, governo do Estado e consumidores, tendo induzido a um aumento de produtividade com garantia de qualidade da carne. 

O grupo de trabalho é composto também pela Secretaria de Estado de Produção e Agricultura Familiar (Sepaf), Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), Embrapa Gado de Corte, Associação Sul-Mato-Grossense dos Produtores de Novilho Precoce, entre outras.

Fonte: Famasul

 
NOTÍCIAS RELACIONADAS