• touros

Fechar anúncio

3 ago

Touro jovem é valorizado em R$ 4.650 milhões e bate recorde nacional de preço

A venda foi feita em Mato Grosso do Sul quando Rem Caballero teve 10% comercializado por R$ 465 mil. O animal possui o maior Mérito Genético Total da história da raça Nelore

O novo recorde nacional de venda de touro da raça Nelore acaba de ser conquistado em Mato Grosso do Sul. O garrote Rem Caballero teve 10% vendido por R$ 465.000,00, ou seja, foi valorizado em R$ 4.650 milhões, durante o 12º Mega Leilão Genética Aditiva realizado na tarde deste sábado (01) em Campo Grande, no Tatersal de Elite da Acrissul. O touro é resultado de atividades de seleção, pesquisa e estudos que buscam obter animais com desempenho produtivo superior e características com valor agregado para o mercado pecuário, como precocidade, acabamento de carcaça e docilidade.

De acordo com o médico veterinário Argeu Silveira a pecuária de corte no Brasil está passando por uma mudança de paradigma. “Estamos agora caminhando na era da produtividade, em que os processos de avaliação genética estão provando que apenas com ciência e muito estudo conquistamos resultados eficientes no campo. Para obter alta produtividade é preciso ter animais sustentados em programas de melhoramento genético eficientes é nós estamos fazendo isso há 32 anos”, afirmou Argeu.

Rem Caballero é touro da empresa de seleção Genética Aditiva e lidera com folga o sumário da Associação Nacional dos Criadores e Pesquisadores –ANCP. Seu MGT (Mérito Genético Total) é o maior da história dos 27 anos do Programa ANCP Nelore Brasil, 32.56. Este índice avalia e mensura características de importância para a pecuária de corte. O touro é produtor de sêmen, teve 70% de motilidade aos 15 meses de idade, é filho de vaca super precoce, três gerações paternas e maternas da Genética Aditiva e é aberto a todas as linhagens do mercado. Já está contratado pela central de sêmen Alta Genetics. O comprador do fenômeno é Luis Roberto Soares, da Fazenda Papuan em Caldas Novas, Goiás. O pecuarista terá direitos e obrigações ao percentual equivalente na participação dos royalties sobre a venda de sêmen, além de uso para consumo próprio na fazenda, a preço de custo de até 5 mil doses por ano.

O 12º Mega Leilão foi organizado para oferecer aos criadores touros melhoradores prontos para trabalhar. Foram apresentados 412 animais que saíram por R$ 4.967.160,00 à média de R$ 12.082,61, valor 30% a mais do que o evento do ano passado. O remate comercializou touros filhos de grandes reprodutores da raça Nelore, líderes em índices de qualidade genética como Rem Usp, Rem Torixoreu, Uponic, Quilano, Sagres, Quartuto, Quero Quero, Noturno e Rabino.